Segurados devem acompanhar processos contra INSS

Ações judiciais para revisão ou concessão de ações contra o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) muitas vezes levam anos para serem concluídas, mas é fundamental que os segurados acompanhem o andamento dos processos e não percam contato com os advogados que os auxiliaram nos casos, sob ameaça de terem seus benefícios confiscados pelo governo.

 

              Além das reformas que extinguem direitos básicos dos trabalhadores, aposentados e pensionistas, o governo de Michel Temer (PMDB) tenta aprovar no Congresso Nacional, projeto de lei que autoriza o cancelamento de precatórios e Requisições de Pequeno Valor (RPVs) não sacados há mais de dois anos. Segundo dados do governo são R$ 8,6 bilhões em dívidas pagas a 493 mil credores, que ainda não sacaram seus benefícios.

 

           “A COBAP e CNAPI repudiam mais esse desrespeito com a categoria e luta para que não seja aprovada essa atrocidade com milhares de brasileiros que lutaram pelo direito à revisão de benefício”, afirmou o presidente da COBAP e Vice Presidente da CNAPI, Warley Martins. O projeto está em trâmite na Câmara dos Deputados desde o início de maio. 

 

Com informações da Cobap