SERÁ? - Pesquisa mostra que Reforma da Previdência não será votada em 2017

A LUTA NÃO SE APOSENTA....

...E os aposentados através de sua Central (CNAPI)  e Confederação (COBAP), juntamente com suas federações e associações estão  na luta desde que foi anunciada a REFORMA DA PREVIDÊNCIA.

A CPI está aí para provar que os Aposentados estão de olho e acompanhando passo a passo esta política que visa beneficiar uma pequena parcela de empresários, banqueiros..., e  despreza todo o outro lado, onde estão também os aposentados e idosos  do país.

O presidente Michel Temer continua fazendo planos para votar  com urgência a reforma da Previdência, cujo mês base anunciado pela  equipe do governo será outubro deste ano. 

Mas, segundo Pesquisa da consultoria Arko Advice realizada entre os dias 15 e 23 de agosto com 199 deputados de 25 partidos, o risco de fracasso é  enorme. 

Para 83% dos pesquisados, a reforma não será votada neste ano. O pessimismo atingiu até mesmo o PMDB - partido de Temer. Dos 24 deputados da legenda consultados, 16 não acreditam na aprovação. 

Os dois maiores obstáculos apontados pelos entrevistados foram a proximidade com as eleições de 2018 (49%) e a falta de apoio na base (35%). 

Para aprovar a reforma, é necessário 308 votos em um universo de 513 deputados federais, em dois turnos de votação. O  Percentual e número de apoiadores da reforma  deve se repetir no Senado. 

A PEC 287 está emperrada no Congresso. É é preciso continuar a luta, pois o pouco que foi  mudado e barrado veio do povo que se organizou  e diz NÃO  a esta reforma

Os Aposentados, Pensionistas e Idosos estão  e estarão nas ruas contra esta maldita PEC 287.