Continua a pressão do Governo Temer para aprovar a Reforma da Previdência

A população deve ficar atenta.

Temer não tem os votos conforme já anunciado pelo Senador Paulo Paim - presidente da CPI da Previdência, e confirmado na pesquisa  da consultoria Arko Advice realizada entre os dias 15 e 23 de agosto.

Mas, o Governo de Temer não desiste. Ele quer que o povo "pague a conta". Enquanto perdoa dívidas e faz "seus ajustes", o Governo - que tem a maior rejeição  desde início da democracia no Brasil de acordo com a pesquisa Pulso Brasil (94%) -  quer mexer na sua aposentadoria. Mesmo com rejeição dos Brasileiros com  esta Reforma, o governo continua insistindo e espera aprová-la  em outubro.

O presidente da República em exercício,  o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), que participou do  fórum da revista Exame em São Paulo, disse nesta  segunda-feira (04) que o governo não tem votos suficientes para aprovar a reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, mas disse esperar a aprovação da matéria na Casa em outubro, e que vão  trabalhar no convencimento dos parlamentares. 

O Povo  terá que voltar  as ruas, para lutar e resistir contra esta Reforma, que vem para agredir a dignidade humana no país.