Warley convoca internautas para GUERRA VIRTUAL contra Reforma da Previdência

Na qualidade de porta-voz de 32 milhões de aposentados e pensionistas, o  líder nacional Warley Martins, enfatizou que chegou a hora da população brasileira declarar guerra total contra a tentativa desesperada do Governo em tentar enfiar goela abaixo a maldita Reforma da Previdência.

Diante de sua falsidade e desumanidade, o presidente Michel Temer declarou que deseja votar a PEC 287 no dia 6 de dezembro na Câmara dos Deputados. 

Ele está tentando "comprar" votos e apoio dos partidos, porém a maioria dos parlamentares sabem que votar a favor desta Reforma é um verdadeiro "suicídio político", pois serão eternamente perseguidos pela opinião pública e não se reelegerão em 2018. 

A CNAPI, a COBAP, as federações estaduais e centenas de associações filiadas estarão distribuindo diversos materiais publicitários "demonizando" os traidores do povo que ousarem votar contra os aposentados. 

Apesar de ser puxa-saco do governo, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, acabou desmentindo seu padrinho Michel Temer, pois confessou hoje que "estão muito longe" de ter os 308 votos necessários na casa para aprovar a reforma da previdência.

Há tempos a CNAPI e COBAP tem batalhado contra a PEC 287. Foi a primeira entidade do Brasil a alertar sobre os males que viriam e a encarar essa luta, não deixando em momento algum de combater a reforma.

"Tudo que fizemos contra essa reforma foi importante, seja manifestações de ruas, panfletagens, pressão nos gabinetes, entrevistas ou simples postagens na internet. Mas agora é hora de intensificar essa guerra, reunir todas as forças e partir para o enfrentamento direto", disse Warley, Presidente da COBAP e Vice-presidente da CNAPI.

Segundo ele, a grande imprensa está comprada pelo governo e faz o jogo dos banqueiros, portanto é essencial que os internautas de todas as idades e regiões que utilizem as redes sociais e publiquem matérias, imagens e mensagens contra a reforma da Previdência. 

"Enviem e-mails aos parlamentares em Brasília. Liguem em seus escritórios. Pressionem os políticos sem dó. O futuro das gerações vindouras estão nas mãos de 513 deputados federais. Utilizem todas ferramentas virtuais: facebook, instagram, twiter, whatzap, enfim, não pode haver trégua. Vamos juntos vencer essa guerra. A verdade está do nosso lado", conclamou o Dirigente.     

 

Assessoria de comunicação