Previdência Social deve ser tema de debate aos presidenciáveis

As eleições presidenciais se aproximam e os debates começarão pra valer após a Copa do Mundo de Futebol. O movimento dos aposentados e pensionistas vai exigir que o tema da Previdência Social seja debatido amplamente. É inadmissível o desconhecimento sobre o que pensam os candidatos à Presidência da República.

Corre-se o risco de algum candidato vitorioso nas eleições implantar uma reforma na Previdência maléfica e sem discussão com a sociedade como um todo. Pode acontecer redução de direitos e também novas dificuldades para o acesso às aposentadorias e pensões.

O movimento dos aposentados e pensionistas, liderado pela COBAP, representa mais de 35 milhões de beneficiários da Previdência Social. Com um tamanho como esse pode decidir as eleições presidenciais e também renovar o Congresso Nacional e eleger bons governantes.

É preciso que o movimento em todos os estados participe ativamente do processo eleitoral e exija de uma vez por todas o fim dos desvios de recursos da Previdência Social para uma melhor gestão do sistema.  (Assessor/Maurício Oliveira)